GirlsDoPorn: indemnização de 13 milhões para 22 mulheres enganadas

Além de não terem acautelado que os vídeos não seriam distribuídos por outros sites da especialidade, os mentores do GirlsDoPorn não terão tomado as medidas necessárias para evitar que os dados identificativos das queixosas surgissem em fóruns na Internet
Exame Informática – Internet

http://images.impresa.pt/exameinformatica/2020-01-03-girlsDoPorn.jpg/fb/wm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *